Portugueses têm falta de vitaminas

Os hábitos alimentares dos portugueses "apresentam carências graves no que diz respeito à ingestão de vitaminas, principalmente na vitamina de ácido fólico", afirmou ontem Conceição Calhau, professora de biologia na Faculdade de Medicina do Porto, na sessão da apresentação de um estudo sobre a importância das vitaminas.

Esta carência é o reflexo de uma alimentação descuidada, "que resulta muitas vezes de uma rotina muito preenchida e da falta de tempo para realizar uma alimentação saudável" afirmou.

Os portugueses têm na sua generalidade uma grande carência em ácido fólico que pode ser resolvida com a ingestão de "duas nozes por dia, colocadas numa salada" ou "pela ingestão de suplementos".

A maioria dos especialistas recomenda a ingestão de 5 a 6 porções diárias de frutas e vegetais pois estas são as principais fontes de vitaminas e nutrientes. Contudo, apenas 30% da população cumpre estas indicações sendo que 6,1% da população portuguesa recorre a suplementos vitamínicos.

Por outro lado, o stress e uma rotina demasiado exaustiva para além de limitarem uma "boa alimentação" provocam um desgaste muito superior de vitaminas, aumentando a necessidade de as substituir.

Fonte: DN

Tópicos: 
Dicas úteis
Consentimento de cookies