Gastroenterite. Como tratar

A falta de higiene na preparação e manuseamento dos alimentos, bem como a sua refrigeração, reaquecimento ou confeção inadequadas são os principais meios de transmissão de vírus, bactérias, ou até parasitas como a giardia.

Propaga-se através de comida e água contaminadas ou pelo contacto de pessoa para pessoa.

Tirando os casos mais agudos, que o devem levar de imediato a uma urgência médica, pode tratar-se em casa com uma ou duas semanas de dieta e alguns cuidados caseiros.

Deixe o estômago acalmar: evite os alimentos sólidos pelo menos durante umas horas após um episódio de vómitos e diarreia.

Hidrate-se bem: a perda de líquidos pelas fezes e vómitos é muito grande e, para evitar a desidratação, é muito importante que beba bastantes líquidos, 8 a 10 copos de água por dia. No caso das crianças dê-lhes, pelo menos, o equivalente a duas colheres de sopa cheias de água a cada 30 minutos.

Prefira alimentos fáceis de digerir: frango ou galinha (de preferência cozida), arroz cozido, caldos, torradas ou tostas com pouca ou nenhuma manteiga, e bananas, ricas em potássio.

Evite comer lacticínios, alimentos com gordura, muito condimentados ou ricos em fibra, bem como cafeína, álcool e tabaco.

Não tome medicamentos para parar a diarreia sem falar com um médico e não os dê a crianças.

Descanse bastante: a gastroenterite e a perda de fluidos deixam-na mais cansada que o habitual.

Fonte: Activa

Tópicos: 
Dicas úteis
Consentimento de cookies